PUBLICIDADE

Topo

Paulão Recomenda: Blazing Chrome, uma explosão de nostalgia

Paulão

30/07/2019 07h00

Vou começar este post deixando uma coisa combinada com você, leitor/a: não sou jornalista de games e isso não é um review. Este post inaugura uma seção simples do Blog que fará recomendações de games para você experimentar, focando em jogos que não sejam tão conhecidos assim. Aí, vou elencar os motivos pelos quais os recomendo – sempre de forma bem simples – para que você possa decidir se é um game que vale a pena para você! Fechado?

Inaugurando, portanto, a seção "Paulão Recomenda", começamos com um título brasileiro incrível lançado neste Julho de 2019: Blazing Chrome, do veterano estúdio JoyMasher

O que é o Blazing Chrome?

É um game Run and Gun, ou seja, tipo Contra. Quem jogou nos arcades, no Nintendinho, Super Nes, no Mega Drive, já está nostálgico só de ouvir o nome Contra. O clássico da Konami – que consagrou o Konami Code lá nos idos da década de 90, é a inspiração clara deste game retrô, que tem ainda pitadas de Metal Slug.

Por que você deve jogar Blazing Chrome?

  1. O game retoma um gênero que andava esquecido e é legal pra caramba
  2. Trata-se de uma belíssima homenagem ao rei do gênero, Contra, que vai deixar qualquer jogador ou jogadora das antigas feliz e contente.
  3. O desafio é altíssimo – ainda bem que na dificuldade Normal temos continues infinitos para lembrar como jogar este tipo de game!
  4. Muitos Minibosses e Bosses. Todos muito legais e criativos. Não enjoa.
  5. Possibilidade de Coop (local apenas)
  6. O feeling do jogo é impecável. Explodir os inimigos é gostoso toda santa vez.
  7. É uma explosão de nostalgia, com gráficos, efeitos sonoros e até filtros visuais para te levar de volta aos games dos anos 80/90.

Se você jogou Contra I, II, III, Hard Cops, ou curtia os Metal Slugs (qualquer um), ou curte um desafio insano em jogos 2D, corre lá e pega o seu Blazing Chrome. O game está disponível para assinantes do Xbox Game Pass no Xbox One, e também pode ser jogado nas plataformas Nintendo Switch, PlayStation 4, e Microsoft Windows. E no PC tá mais barato que um cineminha, saindo por R$ 33,00. Paulão recomenda demais.

Curtiu esse texto? Maravilha! Siga o  Blog do Paulão para saber mais sobre os bastidores do desenvolvimento de games, os segredos desta indústria complexa e encantadora, os detalhes dos games e das suas mecânicas, as mágicas por trás do que vemos na tela quando jogamos, o progresso da cena de desenvolvimento de games no Brasil e tudo mais que disser respeito à indústria de games sob o ponto de vista do desenvolvedor.

Sobre o Autor

Paulão é criador e desenvolvedor de games. Fundou e dirige, desde 2012, a Flux Games, estúdio que já trabalhou em diversos jogos - uns mais anônimos, outros mais populares. Como jogador, passou por todas as gerações de consoles, tem um carinho especial por jogos que inventem qualquer coisa inovadora e só precisa de um copo (ou vinte) no boteco para aceitar um debate sem fim sobre os melhores e piores games da história.

Sobre o Blog

Criar jogos é como ser aquele mágico de rua: fazemos o jogador olhar para uma mão, enquanto desenrolamos uma gambiarra maluca aqui na outra - escondendo o trabalho sujo que faz o game rodar e ser divertido. O Blog do Paulão vai abordar segredos e técnicas que a disciplina de desenvolvimento de games utiliza para realizar essas mágicas e deixar os games mais difíceis, assustadores, inesquecíveis, engraçados...

Blog do Paulão